Lallemand Animal Nutrition
Brazil - Português   [ Alterar ]

COVID-19 Info
Gostaríamos de informar nossos clientes e parceiros que estamos fazendo todos os esforços para garantir a continuidade de nossos serviços durante esse período. Adotamos planos de contingência em nossas instalações de produção e administração e, até o momento, nossa produção está sendo executada sob rigorosas medidas de segurança para proteger a saúde de nossa equipe. Manteremos nossos clientes informados à medida que a situação evoluir.

Novidades

jun 22, 2012

Confinar 2012: Pecuária nos EUA e uso de probióticos em confinamentos

jun 22, 2012

O gerente técnico e supervisor da área de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos da Lallemand Animal Nutrition/América do Norte, Dr. Renato Schmidt, ministrou neste sábado, durante o  Confinar 2012, a palestra: “Bactérias como probióticos em confinamentos: a experiência nos Estados Unidos”. Ele é mestre em Qualidade e Produtividade Animal pela FZEA/USP, PhD em Zootecnia pela University of Delaware (EUA). O evento é o primeiro grande simpósio com foco em confinamento no estado de Mato Grosso do Sul, e aconteceu entre os dias 8 e 9 de junho no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande.

Segundo Schmidt, nos Estados Unidos, o sistema de bovinocultura de corte é basicamente dividido em: Cow – calf: Sistema de cria, comum em todo o país; Stoker: É o sistema de recria, exige mais da área; Feed Lots: Confinamento, exige mais de manejo e infraestrutura.

Depois de mostrar um pequeno cenário de como é a pecuária americana, Renato explicou como funciona o uso das bactérias como probióticos, que são utilizados há décadas, inclusive na alimentação humana. Aliás são três os microorganismos que atuam como aditivos na produção de leite e de carne: bactérias, fungos e leveduras.

Com o uso destes probióticos, os efeitos zootécnicos são: melhor digestabilidade da fibra, maior ganho de peso, melhor conversão alimentar, aumento da produção leiteira, melhora na composição do leite, na estabilidade do pH ruminal, menor risco da acidose e diminuição de gastos com medicamentos.

Em entrevista ele falou sobre o uso de Probióticos.

* O que são probióticos e quais são suas funções, especificamente para o bovino de corte?

Probiótico é um termo utilizado para descrever microrganismos vivos, podendo ser bactérias ou leveduras. Para ser probiótico, estes microrganismos precisam trazer efeitos benéficos para o animal hospedeiro. Os probióticos agem principalmente: Colonizando a superfície do trato intestinal dos animais, impedindo que patógenos como E. coli, Salmonella e tambem colonizem e se proliferem (i.e., exclusão competitiva); Produzindo compostos chamados bacteriocinas, que inibem certos tipos de bactéria; e atuando em outras porções do trato digestório dos animais, como o rúmen e, assim, equilibrando o ambiente e proporcionando o crescimento de microrganismos que possam ser interessantes para determinada ação que é buscada.

* Qual a importância dos probióticos para o desempenho de gado de corte confinado?

Além das funções mencionadas acima que mantém e/ou melhoram o estado de saúde e higiene do animal, os probióticos promovem diminuição do risco de de acidose ruminal e, consequentemente, melhor digestão da fibra e consumo de matéria seca.

* Quando você começou sua experiência com o uso de bactérias como probióticos e que resultados obteve?

Foi durante o meu doutorado que comecei a trabalhar com probióticos, auxiliando os experimentos de outros pós-graduandos. Como resultados mais frequentes, observamos aumento do consumo de alimentos, ganho de peso e menor variabilidade no ambiente ruminal.

Fonte: Rowan Marketing com informações de Rural Centro.